Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











segunda-feira, outubro 04, 2010

Coisas de Velho

Conversa entre dois amigos. Um, mais velho, aconselha o outro sobre o envio de uma carta de motivação, a propósito de uma candidatura para um posto de trabalho.

- Diz-me o que achas. Já tenho CV feito e falta-me enviar juntamente com as cartas de motivação...

- Numa 1ªleitura não me parece mal. Acho, no entanto, que deverias dizer alguma coisa sobre a empresa e não apenas sobre ti. Um paleio tipo "a importância fundamental da empresa…”. Endereça a carta com a indicação de "pessoal" na frente do envelope

- Não era suposto enviar por mail?

- Claro! Desculpa. Por email...óbvio. Quando oiço a palavra "carta" ainda vejo envelopes, carteiros e caixas metálicas com ranhuras. Coisas de velho.

2 comentários:

andrea disse...

Queres outra sobra a dificuldade de adaptaçao a este mundo novo?

O habito da escrita " a mao" ou seja papel e caneta.

Pois é amigo, perdi esse habito e eis que confrontado com o facto d eter de escrever com papel e caneta sou forçado a regressar ao velho processo de ter que fazer copia e copia para recuperar o geito e o tipo de letra.

Tem alguma piada que depois de "velho" tenha que voltar ao processo da escola primaria para me fazer entender, escrevendo.

E esta dualidade de velocidade na evoluçao desta era dita "moderna" que finalmente nos confunde.

Nao sei bem se a transiçao para teclado de computador é benefica, tenho sérias duvidas.

Abraço.

inominável disse...

a minha caligrafia é o que sofrido mais... e a memória visual das palavras tb lvou em cima...

AddThis

Bookmark and Share

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores