Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











quarta-feira, maio 12, 2010

Cyber esperteza


O texto anterior menciona um caso de suicídio. A palavra “suicidou-se” consta desse texto. Assim como outras relacionadas como, por exemplo, “morte”, “morreu”, “matar”. Hoje, reparei que havia um novo anúncio Google aqui no blog. Para espanto meu, é um anúncio de uma agência funerária… Claro que nada disto é coincidência. A Google deve ter uma aplicação qualquer que detecta temas, palavras-chave utilizadas nos textos, e que encaixa propaganda adequada a essas temáticas. Como se nunca escrevêssemos sobre coisas odiosas.

6 comentários:

Fada do Bosque disse...

Tenho a dizer-lhe... ao Carlos acontece cada uma, que não lembra ao diabo!!!
No lo creo en brujas, pero que las hay, las hay!
O Google transformou-se no olho de Sauron?! do Senhor dos Anéis?! Parece...

Inês disse...

Eu, por acaso já sabia.
É mesmo isso que acontece, conforme o tema em questão aparece publicidade relativa ao mesmo.
É a globalização... A gente é que ainda não percebeu que estamos todos "globalizados" e que até a cor das cuecas que usamos eles conseguem saber...

Bjs.

Escrevi

José Teles disse...

Não sabias? Fazem isso até no teu mail, o teu gmail, repara nas cópias dos mails que enviaste e na publicidade q aparece na coluna da direita... Chamam-lhe AdWords. É assim que ganham dinheiro, muito dinheiro.

Margarida disse...

Olá, sou a Margarida e criei um blog há pouco tempo. Estava aqui a ver uns blogs e encontrei o seu. Consta que é jornalista e eu estou num curso de línguas e humanidades. Estou confusa, não sei que hei-de escolher... Jornalismo hoje em dia não dá emprego, para grande tristeza minha...
De qualquer maneira, queria dizer que é muito curiosa e engraçada essa publicidade! Ahahahah!
Beijinhos *

LA disse...

Por falar em cyber esperteza, vê este artigo do nyt sobre jornalismo online e feito em casa, parece que é o que está a dar.
Como parece que estás sem fazer nada podes mandar para lá coisas, receber algum, ou até se tiveres iniciativa montar uma coisa parecida em Português.

http://www.nytimes.com/2010/05/16/magazine/16Journalism-t.html?pagewanted=1

明NathanA_Schulle disse...

After a storm comes a calm.

AddThis

Bookmark and Share

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores