Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











sábado, dezembro 31, 2005

O Ogre

Balsemão vai ter que explicar à Alta Autoridade como foi que nos intervalos do filme Shreck, um filme para crianças, foi exibido mais de 20 vezes um anúncio com alegadas cenas de sexo explícito que, segundo parece, muito chocaram os pais das crianças que estavam a ver o filme.
Os meus filhos foram poupados a essa malfeitoria. Cá em casa a SIC não existe. Agora, gostava é que a AACS não só quisesse saber o como, mas também porquê e o quanto... de modo a poder aplicar a coima justa. Isto é, porque diabo o anúncio passou ali e quanto a SIC ganhou com isso. E gostava, sinceramente, que a AACS não acreditasse em desculpas piedosas, tipo "foi sem querer".

Sem comentários:

AddThis

Bookmark and Share

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores