Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











sábado, outubro 17, 2009

Quem nos defende do Estado?


O Estado, que tem o monopólio de todas as violências (é a chamada força da Lei), acaba de agregar mais uma ao rol: a da violação do correio electrónico.
A Lei que permite a intercepção de comunicações na Internet entrou em vigor no passado dia 15. A pretexto de punir quem produza ou difunda vírus informáticos, o Estado pode, agora, ao abrigo da Lei, ler os meus emails.

2 comentários:

Anuska disse...

Cuidado com os erotic mails hehe bom mas com a desculpa de nos defender dos maus arranjaram a desculpa perfeita para nos "escutar" o correio electrónico

Fada do bosque disse...

Chegou outra vez a PIDE?! Já só faltava essa!
Quem nos defende?! Parece que teríamos de ser nós próprios a lutar e a defender as nossas causas e os nossos Direitos, mas como só uma pequena minoria está preocupada com esses assuntos... das duas uma, ou começamos por fazer uma revolução, ou ficamos caladinhos, como sempre, à espera que o parasita chamado Estado, nos deixe no mesmo estado que Mugabe deixou o Zimbabwe, ou Eduardo dos Santos deixou Angola, com a agravante de que Portugal tem vários parasitas, mais semelhantes a vírus. Ou seja, temos uma luta de vírus humanos, contra vírus informáticos?! Esta é boa!... estamos tramados...
Põe-se o problema, revolução contra quem?
É que são tantos...
Grande Máfia!

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores