Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











quarta-feira, janeiro 07, 2009

Recessão


O primeiro-ministro admitiu que vamos entrar em recessão. Porventura, já entrámos… Mas não vejo onde está a admiração. Se estar em recessão significa produzir menos riqueza do que aquela que precisaríamos para viver melhor, então… Portugal está em recessão há uns 500 anos… Sempre vivemos acima das nossas possibilidades, isso vem em todos os livros de História. Fomos subsidiados pela Liga Hansiática que patrocinou as naus e caravelas que lançamos ao mar, vivemos do ouro surripiado ao Brasil e do infame comércio de escravos, sustentámo-nos com as potencialidades de Angola e Moçambique, delapidámos os fundos do FSE… De modo que, agora, não entendo este frenesim à volta da recessão. Pobre não teme recessões nem se suicida por causa disso. Já os alemães não podem dizer o mesmo…

Sem comentários:

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores