Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











quinta-feira, janeiro 07, 2010

qui trompe qui?


Sócrates foi a Paris fazer pela vida. Desconheço em absoluto de que tratam as negociações com Sarkozy… e suspeito que, seja lá o que for, o francês não dará muito crédito ao português.
Os franceses têm uma ideia generalizada sobre nós que abona pouco a nosso favor. Em tempos, sentado ao balcão de um bistrot parisiense, escutei a conversa de dois vizinhos. Um deles tinha um carro velho que queria vender. O outro dizia-lhe que iria ser difícil desfazer-se do calhambeque. O primeiro explicou que tinha um esquema pensado: iria pintar de fresco o carro e colocar-lhe um ailleron… e, depois, “je vais faire un portugais!” Logo nós, que temos a mania de que somos mais espertos que os outros… no centro da Europa somos tomados por lorpas.
Bom. Põe-te a pau, Sócrates! Não vás na conversa desse tipo.

6 comentários:

Nogueira disse...

... e quem te avisa.... "nosso" amigo é...

José Teles disse...

Ó Carlos, ele foi dizer umas larachas, a convite do Sarkozy, e juntamente com ele, num encontro de ambos com empresários. Que negociações nenhumas?! Só teoria! Tudo pacífico: "A crise provou como o Estado é necessário, os banqueiros enfiaram-nos num buraco, o Estado é que nos tirou de lá, viram não viram?" Foi pelo menos essa a reportagem do Paulo Dentinho.

Fada do bosque disse...

Parece que não são só os franceses que não nos dão crédito... pelo que me disseram os Países do Norte, designam-nos de PIGS,
Portuguese, Italian, Greeks, Spanish. Porque será?
Deve ser pela mania de sermos espertinhos.

CN disse...

PIGS...? Realmente, é lindo...

Fada do bosque disse...

Veja lá Carlos, como os povos são "simpáticos" uns com os outros...
Ai o humano... é triste.

Tiago FM disse...

Caro José Teles, se o Paulo Dentinho disse, há-de ter sido bem dito, bem filmado, bem editado, bem fundamentado, bem investigado, bem enquadrado, com mensagem bem transmitida, bem imparcial, bem enquadrado (este segundo tecnicamente falando), bem feitinho e bem feitinha.

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores