Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, agosto 15, 2006

Évora

Passear por Évora sempre foi um prazer, nomeadamente pelo centro histórico.
Gosto daquelas ruas tortas e calçada irregular, das paredes brancas e grossas, das janelas pequenas, do jogo entre a sombra e o branco iluminado da cal. Gosto da calma que por ali se respira.

Mas, desta vez, notei alguma degradação que julgava estar a ser combatida com mais afinco pela autarquia. Há muitas casas abandonadas e, pior que isso, transformadas em depósitos de lixo. Se somarmos o lixo aos barrotes de madeira apodrecida que sustentaram telhados e que hoje estão caídos, temos ali, em cada uma daquelas casas abandonadas, um óptimo alimentador de incêndios.

2 comentários:

Isabela disse...

Tenho saudades dos teus textos.

magarça disse...

Aproveito para alertar para o estado de degradação em que se encontra Castelo de Vide.

AddThis

Bookmark and Share

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores