Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











domingo, abril 26, 2009

Sim, a grandeza da data!











5 comentários:

Rui Moio disse...

Ah, Ah, Ah...
Nós sabemos bem o tamanho da "grandeza da data"!!!!

Rui Moio disse...

Amigo Carlos Narciso
Oh, como eu gostava de o considerar como um irmão!...

Identidade

O que diz Pátria mas não diz glória
Com um silêncio de cobardia,
E ardendo em chamas, chamou vitória,
Ao medo e à morte daquele dia

A esse eu quero negar-lhe a mão,
Negar-lhe o sangue da minha voz,
Que foi ferida pela traição
E teve o nome de todos nós

O que diz Pátria sem ter vergonha
E faz a guerra pela verdade
Que ama o futuro, constrói e sonha
Pão e poesia para a cidade

A esse eu quero chamar irmão
Sentir-lhe o ombro junto do meu
Ir a caminho de um coração
Que foi de todos e se perdeu

António Manuel Couto Viana

Isabela disse...

Ela tem a caligrafia mais linda do mundo.

Monica disse...

Era tão bom, se tudo fosse tão simples e belo como a visão inocente de uma criança! E depende só de nós, fazer com que seja assim ...

PS: ... e escreve bem, quem sai aos seus ...

Motim disse...

Mete-me pena ver isto, porque eles foram os que mais sofreram com esta data.

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores