Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











sexta-feira, abril 24, 2009

Namorados



Só hoje fiquei a saber que a jornalista Fernanda Câncio abandonou um programa da TVI, onde fazia parte de um painel fixo de comentadores. Nunca vi o programa, raramente sintonizo a TVI, mas desde o início que pressentia este desconforto da Fernanda Câncio. Sei que ela gostaria de pensar que foi convidada pelas suas qualidades de opinion maker, pelo seu curriculum como jornalista, pelas ideias que expressa na sua coluna no Diário de Notícias, mas julgo que ela sempre soube que a verdadeira razão da TVI a querer era a sua ligação afectiva com José Sócrates. Tentaram fazer da Fernanda Câncio uma espécie de bombo da festa mas ela não o permitiu. Saiu e fez muito bem.
Infelizmente para a Fernanda Câncio, o facto de ser a namorada de Sócrates irá estigmatiza-la sem remédio. Faça ela o que fizer, diga o que disser, escreva o que escrever, enquanto essa relação afectiva durar ela é, efectivamente, a namorada dele. E o que ela disser soará sempre à voz dele.

2 comentários:

Isabela disse...

Bem, Fernanda Câncio tem servido lindamente como porta-voz e grande defensora das políticas deste governo, em muitos casos. Quase todos.
Eu sei que não existe uma incompatibilidade legal entre ser-se familiar de um elemento do Governo e o exercício do jornalismo, contudo, penso que este é um daqueles casos em que não vinha mal ao mundo se a jornalista em questão saísse dos comentários políticos e passasse para qualquer outra coisa que soubesse fazer bem, como reportagem fora desta área. Imagino que todos queiram acreditam que tanto ela como ele não tocam em assuntos de trabalho, que estão todos acima dessas coisas mesquinhas... eu também gostaria de acreditar, mas por uma questão de estatística e probabilidades é difícil. Penso que este namoro tem prejudicado seriamente a carreira da jornalista. Penso que devia alguém devia ter o bom senso de a tirar da política, sinceramente. O que defendes é impossível na prática. Ninguém consegue ler o que a senhora escreve sem pensar na sua ligação com o chefe do governo.

Burns disse...

ela tambem se poe a jeito
esta ali a fazer o papel do vitorino no canal 1 ou do vitalino em todo lado
não tem a má educação do pigmeu SS mas tem a arrogancia do namorado
com tudo isto é impossivel olhar para ela como jornalista isenta
ps-não vem mal ao mundo por fazer isso,eu se calhar faria o mesmo,não pode é armar-se em vitima,gosta de causas fracturantes ,tem que assumir as fracturas

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores