Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











sexta-feira, novembro 20, 2009

Palavras cruzadas


O senhor Procurador-Geral diz que anunciará amanhã (ao sábado?) a decisão que vai tomar sobre algumas das escutas policiais feitas às conversas de Vara com Sócrates mas, entretanto, parece que já mandou dizer pelos jornais o que se vai passar…
Só gostava de perceber como foi que nasceu a ideia de que Vara tinha pedido 10 mil € para propiciar contactos privilegiados ao empresário Godinho. É que, afinal de contas, dizem que a gravação dessa conversa não existe. E se a gravação não existe, como provar então que a conversa existiu? E se a gravação não foi feita, porque diabo só agora isso vem à baila, muitas manchetes depois de Vara estar a ser “frito”?

4 comentários:

Simplício Simplório disse...

Uma saga de contornos obscuros que ainda fará correr muita tinta e que, quanto a mim, ainda trará muitas surpresas. Aguardemos, mas esperemos que no final se prove que a Justiça ainda é capaz de funcionar.

Cumptos.

Fada do bosque disse...

É a sarrabulhada do costume... estraga a vida a dois ou três bodes expiatórios e depois, Zás! arquivo.Às mais "altas" instâncias não passa nem por um "decreto"... qual decreto, qual carapuça!
Isto de termos a política a controlar a "justiça" é uma boa bosta é o que é...
Causa instabilidade no País e não se tratam os problema de fundo!
Que diabo se passa com esses gajos, que deviam meter tudo na ordem e fazem o possível e impossível para instalar a desordem?! Estão possessos?!
Eu continuo a dizer com muita convicção, que o demónio mora aqui no pântano! Bolas... e já cheira mal, mesmo muito mal!
Credo!! Que País.

Fada do bosque disse...

Este ululu todo, como diz o brasileiro, foi para que agora pudessem vir a anunciar, na maior das calmas e como se nada fosse, que o défice é de 8% e poderá alcançar os 9 ou 9,2%, uma bagatela portanto um aumento de 36%. Há que usar a fritadeira e coisas ainda mais estranhas, para distraír o pessoal.
Fritam-se alguns e os verdadeiros criminosos governam.

Manuel Reis disse...

Ando a achar muito estranho que estas investigações conduzam a várias notícias, uma vez que deviam ser secretas. Ao pensar quem é que lucra com estas divulgações, faz-me pensar se não haverá uma face ainda mais oculta que realicona investigadores com jornalistas... ´
Neste caso concreto, como é que um individuo que ganha 50 000 por mês, vai sujar as mãos por 10 mil?

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores