Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, julho 28, 2009

Tribunecas

O crescimento do Bloco de Esquerda faz-se, em boa parte, à custa dos eleitores desiludidos com o PS. Mas, também, aproveitando os descontentes do PC, embora, neste momento, o PC não tenha grandes problemas de dissidência. A reacção do PS é, digamos, óbvia, ao tentar captar elementos proeminentes do Bloco, casos de Joana Amaral Dias e Miguel Vale de Almeida. Ele foi colocado em lugar elegível nas listas pelo círculo de Lisboa e, certamente, ficará conhecido como o primeiro gay assumido no Parlamento. Há outros, mas nunca se assumiram… Ela terá recusado a manjedoura parlamentar e o Bloco anda, agora, a fazer um escândalo com um alegado convite de Sócrates para que Joana ficasse a dirigir não sei que instituto público.

O problema do Bloco não são as sinecuras prometidas, as tribunecas a troco de 30 dinheiros, o problema dos dirigentes do Bloco é que eles sabem que se o PS guinar verdadeiramente à esquerda acaba com eles. O meu problema é que com uma esquerda assim a direita vai ganhar. E... muito estranhamente, com o meu problema não me parece que Sócrates ou Louçã estejam preocupados.

6 comentários:

andrea disse...

Portantesss, como diria um primo meu, bora la buer mais umas bjecas.
Rir da desgraça propria é um dos atributos do ser humano, talvez o principal.A questao é que ja me doi a queichada de tanto rir.Apetecia-me passar uns tempos sisudo, sem motivos para me rebolar a gargalhada, mas estou a ver que assim nao vou la.

Ferreira-Pinto disse...

Mas algum dia seria sequer expectável que uma boa parte da nossa classe política estivesse verdadeiramente preocupada com os problemas reais de cada um dos portugueses?

Motim disse...

Quanto tempo necessitam vocês para entender que esquerda e direita são exactamente a mesma coisa? Todos os grandes partidos políticos - PS, PSD, BE, PP, PCP, etc - são financiados pela banca e por interesses financeiros privados. Para o público em geral fingem ter oposições opostas, actuam como adversários, mas ao fim do dia todos eles serviram os mesmos interesses, arrecadaram os nossos impostos e venderam o nosso futuro. São máfias organizadas, com criminosos que pulam de facção em facção sem quaisquer problemas porque são todos iguais.

Portugal está a ser roubado por estes gangs políticos há décadas e já estamos novamente na bancarrota. Vocês são pessoas inteligentes, capazes de elaborar raciocínios lógicos complexos, quando é que saem desse transe e acordam?

Fada do bosque disse...

A coisa está mesmo negra...
Lá se foi a luz!!!
Bem, não é de esperar outra coisa mesmo.

Fernando Teixeira disse...

Agora falo eu, que sou juíz. Isto do BE é chão que não dá fruta e o mal é deles ou melhor, o bem que eles queriam era que o meu amigo e antigo camarada da Guiné-Bissau na zona de Binar (18 meses) a ouvi-lo O Alegre não lhe dou troco. Querias ó BE's. Aliás, aprece que o amigo Alegre me ouviu. Arredou caminho. Este, o Alegre, também me saiu cá um pistoleiro.

Rui Herbon disse...

Afinal parece que sempre houve convite. Ou sondagem. E também parece que foi feito por um indivíduo que só podia sondar. Resta saber se com conhecimento da cúpula do partido ou não. Mas parece também que o sondador era amigo da sondada, e que esta, conhecendo (ou devendo conhecer) a estirpe do seu líder, não devia ter revelado a este uma conversa entre amigos. Que Louça tenha exposto essa conversa privada na praça pública, é apenas uma questão de carácter.

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores