Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, fevereiro 10, 2009

Reflexos - 4

Quando a crise estalou, os capitalistas correram de mão estendida para os governos, dizendo que se o Estado não resolver a crise vamos todos para o fundo. Claro que os capitalistas estavam, de facto, pouco preocupados com os problemas reais da população. O que eles querem mesmo é garantir a sobrevivência da sua própria "espécie", a perpetuação do poder do capital sobre todos os outros. Os Estados lá estão a injectar dinheiro no sistema financeiro internacional, garantindo a sobrevivência dos bancos, ao que nos dizem, essenciais para que tudo continue como dantes. A questão é saber se queremos mesmo que tudo continue na mesma... Cá para mim, que pouco ou nada entendo de finança, só tenho a certeza de uma coisa: a solução para a crise económica está na criação de empregos. Dar trabalho às pessoas, sem precariedade. Porque a principal mais-valia social é a dignidade.
.

A foto de hoje é de Lúcio Letra e intitula-se "Dizer Não".

1 comentário:

indigente andrajoso disse...

e temos voto na matéria?

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores