Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, agosto 18, 2009

Chateia-me


.
Chateia-me que este governo acabe por dar razão à Direita e à Esquerda, de Portas a Garcia Pereira (curiosamente, com o mesmo discurso), por não ter dado prioridade aos apoios às PME’s, a verdadeira espinha dorsal da economia do país. As pequenas e médias empresas garantem mais de 90% do emprego e quase a mesma percentagem do PIB. Quando o governo preferiu investir nos apoios, subsídios e isenções fiscais às grandes multinacionais, ficámos todos à mercê dos caprichos desses capitalistas sem rosto nem alma, que tanto se lhes dá ter uma fábrica aqui como na China, o que lhes interessa são os milhões de lucro e não o bem-estar social.
Também me chateia que, depois do fracasso das “europeias”, o governo tenha entrado numa espécie de “coma”, deixando cair a aplicação de projectos que poderiam, de facto, com rapidez, dar emprego a muitos milhares de pessoas, nomeadamente, operários da construção civil. Para além da tal “falsa humildade” que logo foi detectada, usada e abusada pela oposição política e mediática, Sócrates revelou, de facto, falta de carácter político – o que não tem nada a ver com arrogância, característica que também não aprecio.

14 comentários:

mfc disse...

Há rasteirice a mais por aí...

Fada do bosque disse...

A mim também me chateia bastante, o povo gostar disso e continuar a votar nos 5 partidos, rendidos ao SISTEMA CAPITALISTA, mas quem sou eu?!... ovelha tresmalhada.
Ainda no Domingo, conversava com a mana mais nova e chegamos à conclusão, que nenhum era merecedor dos nossos votos, pois todos os projectos, que convém à classe política para encher os bolsos, eram votados por todos esses 5 partidos em unanimidade,. Patrões do PODER a trabalhar nos bastidores e eles, claro a alinhar, senão ficam de fora, claro!
- A culpa é nossa, que não há cidadão que se candidate, para fazer frente- - disse a mana.
Ao que retorqui:- Não, estás enganada, há um candidato fora do círculo vicioso, o Garcia Pereira.
- Pois é!- disse - ninguém ouve falar nele! Dizem que é uma excelente pessoa e muito humano.
- É verdade... nem eu me lembrava dele... mas estas pessoas que não pertencem ao rebanho, são consideradas ovelhas tresmalhadas, o SISTEMA, tenta esconder com toda a força e faz lavagem cerebral, proclamando, que o melhor é votar pelo seguro, num governo estável(?!), que já tenha governado(?!) e o povinho em vez de querer a mudança- é muito perigoso (mais que o que vemos é impossível!)- vota sempre nos mesmos.Os que, até se dão ao luxo de roubar bancos e frequentar reuniões do Clube Bilderberg, à descarada, para receber ordens dos Masters capitalistas.
E o País está na banca rota e eles gastam milhões em propaganda, quando todos sabem, que são os maiores mentirosos e vigaristas da Europa!
Grande País de cordeirinhos!
País de cordeiros Governo de lobos!
Mas ou é de mim, ou o português gosta, de ser roubado e considerado fraco pelos outros da União Europeia. E andamos em círculo vicioso, há mais de 35 anos!
Votar num homem só?! pensa a mente tacanha portuguesa...
E assim vivemos no MATRIX, em estado comatoso e pior sempre a queixar-mo-nos daqueles que escolhemos!
Entretanto, o País já era!
Venha esse homem só!
Em democracia o voto nulo ou branco não conta!

Gostaria de saber se todos os processos judiciais, como CAMARATE, Casa Pia, Voos da CIA, Operação Furacão, BANCA, Maddie, Portucale, Braga Parques, Universidade Independente e Universidade Moderna, Apito Dourado, Médicos que por negligência mataram doentes e outros que os contaminaram com HIV, Artur Albarran, FREEPORT, e paro aqui, porque não tem fim a lista, SE SÃO PARA PRESCREVER!?!?!!!

PQ disse...

Navegam à bolina, todos. Levam-nos com eles, como contra peso e nós deixamos.

Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/

andrea disse...

Se queres que te diga Carlos, a mim o que me chateia nesta questao das candidaturas é que nenhum candidato apresenta soluçoes concretas.
Combater a crise, como?
Aumenta imposto? reduz? de que forma?Apoia as PME como?Serviço publico de saude como, com que fazendo o que?
Esta é a questao, agora andar a volta com conceitos....
Tenham paciencia.
Abraços.
Ps: continua a canicule e a Readers Digest vai apresentar falência.La se vai outro dos meus icones de infancia.

Fada do bosque disse...

Acho que passaram os links no texto, para ver a diferença, entre os programas dos candidatos... enfim.

Andrea

Aqui já veio o fresco... entretanto espero que não lhe passe despercebido o "D. Quixote". :))

Fada do bosque disse...

E outra coisa que me chateou saber, foi que os nossos governantes com ordenados, reformas acumuladas, viagens em aviões a jacto e outras "insignificancias", gastam mais que a Família REAL BRITÂNICA!!!!

Rui Herbon disse...

Acho que depois das europeias o PS entrou em desnorte. Mais valia ter mantido a postura anterior. A cereja no topo do bolo foi a mandatária para a juventude. Eu até simpatizo com o budismo, mas a paciência tem limites.

Rui Herbon disse...

Ó Fada, mas o Sócrates é mais bem apessoado que o prince Charles.

Fada do bosque disse...

Aaaiii RUI, que lá se foi o "budismo"!
Não desfazendo os nossos irmãos, que protestaram na Birmâmnia, não atacam, mas defendem... não é à toa, que sabem melhor que ninguém,as artes marciais...

Fada do bosque disse...

PQ

Agora só vai à bolina quem quer...
Eu por mim não deixo!

Fada do bosque disse...

Mas este RUI não ganha juízo?! Bolas!... :))

TERESA SANTOS disse...

Oh, Fada, mas convenhamos que o Rui tem graça!!

Relativamente ao post, só te digo, já não há paciência...

Votamos em ???
As alternativas são ???
Quem respeita os portuguesinhos, ou seja, todos nós ???

Gasta-se mais que a Família Real Britânica ??? E depois? É assim mesmo. Urge que sejamos os primeiros em qualquer coisinha...

Fada do bosque disse...

TERESA
Olá :)

Nesta Europa desabrida, somos os primeiros, em tudo o que é mau.
Como diz o Carlos, no último post e bem, os reflexos condicionados e a ignorância, sobrepõem-se à razão, ou no mínimo,ao bom senso. Existe uma luta pelo poder sem precedentes, pelos ditos donos da democracia (falsa) e mesmo sentindo isso na pele, o povo português na sua tacanhice, continua a votar, naqueles que nos levaram ao abismo e à rua da amargura.
Quem há poucos meses apelava ao não voto, à abstençao e aqui refiro-me a uma grande parte do eleitorado do PS descontentes com o líder, juntam-se agora em defesa de um Governo "Socialista", que os deixou ficar ideológicamente mal, sendo neste momento a campanha mais acirrada e de mal dizente da blogosfera e do mundo lá fora.
Por isso Teresa, sendo eu ex do PS, mantenho-me firme quando digo que este partido se anexou totalmente à Direita. Se o eleitorado português tivesse o mínimo de bom senso, não estaríamos tão perto do abismo.
Se reparar na blogosfera, os que defendem o PS e antes defendiam a abstenção, são agora apoiantes incondicionais do partido e sem argumentação que lhes valha, atacam em todas as frentes... vá lá eu perceber porquê! CARGOS, talvez.
Portanto, o eleitorado maioritário português prima pelo contra senso, falta de perspectiva, tacanhice, ignorância e aversão à mudança. Talvez por medo de perder o tacho, porque o que seria do esperto se não fossem os ignorantes?! Esses chicos espertos têm a máquina do poder ao dispor, levam os cordeirinhos atrás e arrastam-nos com eles na lama, visto sermos minoria.
Num País onde não há JUSTIÇA o IMPERATIVO é a MUDANÇA.
Concerteza haverá alguém que nos poderá dar algo de melhor, pois pior é impossível.
Esqueceram-se (os pseudo-socialistas) que devem ser os primeiros a exigir do seu Partido, aquilo que defendem, o verdadeiro socialismo, esqueceram a abstenção, estão cá apenas para lembrar os erros dos outros, tentando assim disfarçar os seus. Mas é ainda ferida aberta e sangrenta, naqueles que defendem o verdadeiro SOCIALISMO.
Desferidos ataques à DEMOCRACIA consecutivos, foi a governação do PS. Deixou de existir em Portugal a ideologia socialista, á custa de pessoas que lideram sem carácter e seus clonados apoiantes.
As pessoas pensam que estão em Democracia...(votar não é sinónimo de Democracia) Numa Ditadura é fácil culpar o tirano, mas no Sistema português tem mais que se lhe diga... vão rodando no poder, saltando conforme convém entre os Partidos do Bloco Central e assim, de uma forma manhosa, a culpa morre solteira e JUSTIÇA é algo que deixou de existir. Temos um SISTEMA POLÍTICO MACABRO, sem precedentes na EUROPA!
Quanto à falta de paciência... mudar é imprescindível.

Abraço e bom fim de semana. :))

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores