Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, janeiro 23, 2007

Prova de amor

Seis anos de cadeia por se recusar a entregar a filha ao homem que, em primeira instância, a rejeitou.

3 comentários:

Isabel disse...

Prova de amor a sério!

São homens assim que fazem a diferença neste mundo cheio de quem aponta o dedo primeiro e pensa depois...

Quando apontarem o dedo a este homem que digam: lá vai o homem que apesar de não ser o pai verdadeiro soube amar incondicionalmente...
Prova que nem só de sangue do meu sangue se faz o amor incondicional.

Até breve.

Isabel

inominável disse...

uma história verdadeiramente pungente... e os tribunais a encarrilar na fantochada em que muitas vezes se torna a expressão "família" ou "biológico"...

delfux disse...

Carlos,

existe Amor, e existe Egoismo e Posse.

Depois de ler e verificar que :

- o Pai Biologico e Natural, procura em vão reaver a filha á 3 anos...

- periodo durante o qual os Pais Adoptivos, a guardam ilegitimamente, fugindo e mudando constantemente de residencia, e desrespeitando uma decisão do Tribunal...

Não me parece que isto seja Amor, ou preocupação com o "bem estar da criança"... aproxima-se mais daquilo que considero Egoismo, e Apropriação...

O Verdadeiro Amor, o sincero Amor, teria por muito que custasse entregue a menina ao Pai, e feito os possiveis para continuar a acompanhar e participar no crescimeto da criança...
...isso seria sim uma "Prova de Amor"


...mas isto sou só eu a pensar !!!


P.S - excelente blogue, continue!!! :o)

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores