Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











segunda-feira, janeiro 22, 2007

É que os portugueses adoram o chicote!

Leitura aconselhada a todos os salazarentos.

Porque ela escreve como poucos e "vergasta" como ninguém. Leiam aqui.

3 comentários:

LA disse...

A chavala até percebe da gramática, mas de idéias é um bocado falha!
Não há assim tantos salazarentos como isso! Depois da revolução, com o caos e a inflação nos 30%, não me admira que houvessem pessoas que achassem que estariam melhor sobre a pata do Toni!
Como não me admira que haja russos a chorar pelo comunismo porque a transição para a "democracia" foi demasiado selvagem!
Diz aí à trambolhinha que quem quiser repartir uma sardinha por 3, não precisa do Toni para nada, é fácil, ela que se deixe de inventanços, nós, o povinho, também não somos assim tão vurros, nós gostamos é de muitos telemóveis, agora sardinhas para 3...
Estou a dizer, diz-lhe, porque os meus comentários são sempre censurados no blog dela, a salazarenta trambolha! Falsa democrata! Um gajo fixe e porreiro como eu... Não percebo!

Ida disse...

salazarento/a... foi um achado dos melhores. Seja lá qual dos dois o conseguiu. Ou nenhum dos dois.

Oh, la, não te deixes aborrecer assim. Já tava com saudades de me rir um pouco com a tua sintaxe!:p

Paulo disse...

Carlos, há quem goste de umas boas vergastadas. Ou palmadas! Há os que gostam de dar e os que gostam de levar. É kinky!
Se calhar, o país também é kinky...

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores