Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











terça-feira, março 06, 2007

Caça à multa

Enquanto que na Brigada de Trânsito da GNR circula um sms com um apelo ao boicote às multas (o que os condutores muito agradeceriam…), a PSP anda num afã à cata dos prevaricadores. Não, não é a correr atrás de bandidos, é mesmo atrás de cidadãos menos cumpridores, apenas. Bons chefes de família, votantes, mas enfim… um tanto ou quanto relapsos quanto a impostos, selos, inspecções, seguros e outras coisas do género, muito importantes para o bom funcionamento da sociedade. Foi assim que, esta manhã, a caminho do emprego, fui multado em 250 €. Como se não houvesse mais nada onde gastar o dinheiro…

10 comentários:

Sónia disse...

Fiquei curiosa em saber porquê....

isabel victor disse...

Nem me fales, CN ...
Nem de propósito ! Acabo de vir da Direcção Geral de Viação para levantar a minha carta que ficou "aprisionada", devido a ter sido (na semana passada), apanhada numa dessas operações de charme da nossa polícia e não ter, ali à mão, dinheiro para pagar a totalidade da multa. Paguei metade (30 euros), passaram-me uma guia e ... etc, etc.

Agora que li este teu desabafo, veio-me à ideia ...

Já contribuímos, pronto ! Desabafei ...

Gostei da foto !!!!!

b*

inominável disse...

e qual foi o funesto relapso? "impostos, selos, inspecções, seguros ou outras coisas do género"?

eu, por exemplo, nunca fui multada em curso: apenas por mau estacionamento. em contrapartida, já me perdoaram coisas simpáticas, tipo condução (bastante) acima do grau de alcoolemia... simpáticos, mandaram-me ir dormir... ainda há simpatia

Isabela disse...

Enquanto vivi no Alentejo perdoaram-me todas as multas. Desde que voltei para a cidade grande tem sido um ror delas. Estacionamento, selo, inspecção. A última foi por causa do telemóvel, porque me viram levá-lo à orelha e baixá-lo. Não cheguei a ligar, a intenção foi suficiente para levar uma multa de quase 200 euros. O que é que não tinhas? Inspecção?! Eu já paguei uma desse valor por causa da inspecção. Este ano, felizmente já a fiz. No último dia do mês, mas fiz. Tenho alguma dificuldade em perceber como é que indivíduos que ganham o que eu sei que um polícia ganha têm coragem de aplicar multas desse valor.

CN disse...

Sim, foi por causa da inspecção. Esqueci-me disso em 2004...:-)

Helder de Sousa disse...

Todos sabemos (dolorosamente) que o desporto preferido do Estado é a caça à multa quer em relação ao trânsito quer noutras cândidas actividades como os impostos, a água, a luz, o gás, os esgotos, eu sei lá que mais...
Este Estado não é, definitivamente, pessoa de bem. Mas não me admira. Com os políticos que temos...!!!!

isabel victor disse...

Também já fui multada por falta da inspecção. É doloroso ! Até porque, quando de multaram eu já tinha a inspecção marcada e fiz disso prova. Recorri, com carta ao Governador civil da altura ...etc,etc, fui adiando e depois paguei os tais cinquenta contos + trinta de (sei lá o quÊ !?). Ía morrendo ...
Por essas e por outras é que eu ADORO viajar de comboio e ganhar asas de avião. Não me chateio ... vou a ler, ouvir música, a smssar ... e ainda me servem cafézinhos ! Porque aí classes conforto é que é mesmo bom !!!!!

b*

no baile da d. ester disse...

A polícia é a única instituição que me discrimina positivamente por ser mulher. Há um ano estava parada à frente do aeroporto (coisa que é proibida, bem sei) e um senhor agente abeirou-se à minha viatura depois de me ter mirado algum tempo, espreitou para os quadradinhos e viu que tinha saltado há muito a data da inspecção. Fez ar de mauzão, dizendo-me que não podia estar ali parada e que ainda para mais a falta do dito quadradinho dava multa à volta dos 200 euros, tudo somado devia chegar aos 300. Nem precisei de me esforçar para fazer ar de donzela em apuros, ele disse-me logo que não me multaria se me dirigisse de imediato à IPO mais próxima para tratar do assunto. "mas vá mesmo, porque depois pode encontrar um colega meu que não seja tão simpático e paga a coima".

E eu, como menina bem mandada, fui.

Se o objectivo do senhor era educar-me para o meu dever cívico resultou. Claro que se me tivesse feito pagar a multa o teria insultado por dentro, não sem me insultar a mim também pelo desleixo.

Com esta e outras experiências vos digo, para a GNR e PSP o dia 8 de março são todos os dias. Benditos.

Miguel disse...

É mais fácil andar na caça à multa que aos ladrões e criminosos. Mas verdade seja dita, cada vez que vou a Portugal de férias nunca sei se saio daí inteiro. A minha mulher é Belga e tem um medo enorme de andar de carro aí.

Joaquim disse...

Depois de ler alguns comentários neste blog, acho que tenho uma palavra a acrescentar...
A utilização de telemóvel prevista no art. 84º do C. Estrada é punida com 120€ e não quase 200€.A falta de inspecção, se realmente tivermos consciência daquilo que andamos a fazer na estrada, é sempre bem aplicada quando estamos em falta. Ora se pensarmos assim: 1 inspecção custa cerca de 27€ e tenho 4 meses para a fazer (3 meses antes + o mês de matrícula) porque é que hei-de deixar mesmo para o último dia ou nem sequer a fazer??? 250€ custa mto mais a pagar! Já para não falar em caso de sinistro sem inspecção, pois a compª ñ se responsabiliza por nada. Eu como todos nós, também já fui diversas vezes punido por estacionamento indevido, mas nunca por questão mais graves. E tenho comigo, embora nem eu nem ninguém goste de ser multado (lógico), 1 velha máxima. Só é multado quem anda em transgressão, por isso acho que não devemos criticar os homens que trabalham a castigar os outros. Cada 1 deve de assumir a responsabilidade de seus actos e não exigir só os seus direitos, há que cumprir também os deveres e obrigações de cada 1. Quanto à caça à multa, o que disse atrás aplica-se na íntegra a esta questão: " se o radar estiver à mostra, o infractor reduz a velocidade, mas logo logo mais à frente vai continuar o seu erro!" Servia de alguma coisa para a segurança de todos nós? Assim se ele for punido já vai pensar 2 vezes e muito provavelmente enquanto se lembrar dessa, não vai errar novamente! Quanto à questão de ser mais fácil multar do que prender os ladrões, também tenho 1 palavra a acrescentar. A minha casa já foi assaltada 1 vez e já me foi roubado o meu carro. De ambas as situações tenho a agradecer mto à PSP de Odivelas que recuperaram ambas as coisas, inclusive o dinheiro que me foi roubado em casa, o que é mto raro. Ora se as nossas prisões estão superlotadas, quem lá pôs os delinquentes? Foram os transgressores da estrada? Eis a questão! Já agora vale a pena pensar nisto!

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores