Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











segunda-feira, setembro 14, 2009

Uma estopada monumental


Estou a ver o Prós&Contras da RTP-1. É um debate com os chamados “pequenos partidos”. São dez… e não é um debate, apenas uma sequência longa e fastidiosa de declarações de intenção e propostas políticas. Para quem vê, fica tudo demasiado confuso, não se percebe quem é quem e até já nem sei o que disse o primeiro que falou, Garcia Pereira do PCTP/MRPP.
Se queriam debater as propostas dos “pequenos”, então deveriam ter organizado uma série de debates como fizeram com os “grandes”. Mais curtos, cerca de meia-hora para cada debate chegava e sobrava para ficarmos a saber com algum pormenor o que cada um deles propõe.
O serviço público de televisão justificava uma decisão dessas.

9 comentários:

Paulo disse...

Uma verdadeira estafa. Cansei-me antes de acabar a primeira ronda.

Fada do bosque disse...

Olá Carlos.

Só não entendo porque é que os Media, não deram a mínima atenção, a esses dez Partidos existentes... é para que não saibamos deles?! é para os esconder?! Não têm o mesmo Direito dos outros, especialmente aqueles, que nem dignos da dúvida são, por nos ludibriarem e roubarem?!
Para fazer crer, que são políticos ou cidadãos de segunda?! ou terão medo da sua presença?
Um debate com dez Representantes, em duas horas nos prós e contras?! isso é igualdade Democrática?!
Isso é manipulação dos Media a favor dos ladrões! Está tudo feito.
E são sempre os mesmos! e o ceguinhos caem como tordos, nesta cantilena antiga, do voto útil e estúpido!
Vão gozar o raio que os parta!

Claro que, Garcia Pereira se destacou de longe, como era evidente.
Experiência e sabedoria. Justiça social acima de tudo.

Só este exemplo, dá para demonstrar bem a "justiça" praticada em Portugal...
Não se pratica... pura e simplesmente!

dedo politico disse...

... e ainda falam de asfixia democrática?

Será que os pequenos partidos portugueses são partidos pequenos porque têm ideias pequenas?

Ou será que há razões 'ocultas' por de trás de tal discriminação?

Manuela Araújo disse...

Plenamente de acordo, CN. Até parece que deram as migalhas aos pobres.
Simplesmente indigno de uma democracia. Desrespeitoso, até.

Fada do bosque disse...

O serviço público de televisão, faz exactamente o contrário, afasta-nos cada vez mais, de um Estado Democrático e Justo!
Está ao serviço dos ladrões, é o reino de Ali Bábá... esse Bilderberg nojento!

Alex disse...

Pois, eu tb nem sei o que dizer...
Achei que muitos deles estavam mal preparados e foram mais aproveitar o tempo de antena para passar mensagens formatadas do que para realmente explicar o que os move.
Ver a Carmelinda Pereira defender que se devam proibir dos despedimentos, é constrangedor até para quem é de francamente de esquerda, como eu. Como se todos nós não conhecêssemos legítimos exemplos de profissionais irresponsáveis, incompetentes, que desperdiçam óptimas oportunidades de emprego enquanto outros ficam em casa a olhar para as paredes e a dar cabo de si mesmos em frustração. Passar mensagens ideológicas com as quais qq ser humano concorda, deixando claro que nunca se pensou em como as operacionalizar tb me parece amador demais.
O líder do PNR, ficou tão abalado com a peça inicial, que apenas dizia que o partido era por vezes "ACUSADO de xenofobia", que não foi capaz de passar mensagem nenhuma sem ir bater aos imigrantes.
Outros (já não sei nomes, nem partidos) a defenderem uma Europa cristã (estômago revolto!); a dizerem que Deus é o topo e todos nos devemos orientar para Ele; a confundir o "não" ao aborto com questões religiosas...
Enfim, outros também, mais organizados, orientados, com um discurso mais estruturado, pensado.

A ideia dos debates mais curtos e com menos intervenientes de cada vez é bem capaz de ser uma óptima ideia, mas mesmo assim não sei quantos ali conseguiriam passar alguma credibilidade.

TERESA SANTOS disse...

PARABÉNS pela coragem. A minha (e penso que da maioria!) finou-se, o que foi óptimo, porque me poupa a esses martirios.

Abraço.

Fernando Teixeira disse...

1º. TODOS TEM O DIREITOS E OS PARTIDOS NÃO SAEM A REGRA MAS, CONVINHAMOS, SE OS GRANDES EM DETERMINADOS PONTOS NA APRENTAÇÃO DOS SEU PROGRAMAS NÃO DÃO IDEIAS COMO FICAMOS NÓS COM OS PEQUENOS. SE OS QUATRO GASTAM BALURDIOS DINHEIRO O QUE SERIA COM ELES "TODOS"!
2º. O BLOCO DIZ QUE NÃO TEM TELHADO DE VIDRO"!.
OHEM QUE NÃO, O LOUÇÃ A FINAL TAMBÉM TEVE PPR'S.
3º. ENTÃO ESTES SENHORES QUEREM ACABAR COM OS BENEFÍCIOS FISCAIS DA CLASSE BAIXA-MÉDIA, MÉDIA-ALTA? ELE DEFENDE OS MAIS PEQUENOS OU OS GRANDES (CLASSE ALTA). O BLOCO ESTA A FAZER DOS OUTROS AZELHAS OU QUÊ!

Isabela Figueiredo disse...

A ignorância a que a comunicação social vota os pequenos partidos e imoral.

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores