Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











sábado, maio 09, 2009

Operário em construção


Um dia, já lá vão mais de 20 anos, tive de construir uma parede. Uma pequena parede, é verdade, mas uma tarefa difícil face à minha ignorância e falta de jeito para esse tipo de trabalhos manuais. Tratava-se do muro de apoio ao lava-loiça da cozinha. Nessa época, tinha alugado uma casa centenária no bairro da Graça, cansado dos engarrafamentos monstruosos na Ponte 25 de Abril. O pior é que o apartamento não tinha cozinha e, portanto, tive de improvisar uma. Daí a necessidade de montar o lava-loiça. Tijolos, cimento, areia, pá de pedreiro, comprei tudo e deitei mãos à obra guiado pelo bom senso e memória visual. No final, o muro ficou quase direito e o lava-loiça assentou bem. Tinha uma ligeira inclinação, mas que até ajudava a escorrer a água na direcção do ralo do esgoto. Perfeito. Aposto que ainda hoje lá está. E julgava que também a minha aprendizagem como pedreiro tinha ficado por ali. Mas hoje percebi que não tenho feito outra coisa, afinal de contas. Todos os dias coloco tijolo sobre tijolo, numa construção interior ainda sem fim à vista.

2 comentários:

CCF disse...

Bonito ter consciência disso :)
~CC~

Isabela Figueiredo disse...

Que bonito!

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores