Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











domingo, maio 31, 2009

Money, money, money



É com algum espanto (ainda não perdi essa capacidade…) que noto como quase toda a gente se mostrou impassível perante aquela notícia de que Cavaco Silva e a filha tinham ganho quase 300 mil €, numa compra e venda de acções da SLN.
É que acho que se trata de uma quantidade considerável de dinheiro e não percebo como se conseguem fazer negócios assim sem se ter uma boa fonte de rendimentos. É que é preciso ter dinheiro para investir. É por isso que os pobres não jogam na bolsa nem têm parte em sociedades financeiras.
Se Cavaco nunca tivesse enveredado pela política, se se tivesse mantido como mero professor universitário, teria ele tido dinheiro e os contactos pessoais para investir nesses negócios tão lucrativos?
Não pensem que estou a insinuar qualquer envolvimento do actual presidente nos esquemas esconsos do BPN… mas não deixa de ser curioso que um dos artífices desses esquemas, Dias Loureiro, tenha sido um dos compagnons de route de Cavaco no partido, nos seus governos e no Conselho de Estado.

4 comentários:

Karocha disse...

Pois!
O meu rapaz mais velho é trader e,tal como diz CN, é preciso dinheiro para investir...

Fada do bosque disse...

Talvez não esteja a insinuar que Cavaco não tenha, ou teve, envolvimentos no BPN, mas que parece ter "rabo de palha" parece! Senão porque manteria a Conselheiro de Estado, uma pessoa que estava na berlinda, pelos danos causados a tão grande instituição?! Veio até dizer em público, que não tinha motivos para duvidar da palavra do seu amigo. Tudo bem que não duvide, mas há a imagem do País a defender... e deu no que deu!
Mas a imagem que passa, é que infelizmente, estes governantes, andaram todos eles, antes de o serem, em negócios que agora se vai a ver e "nota-se", serem obscuros. Eu tinha pena dos Italianos por terem de "carregar" ás suas costas, uma seita como a Máfia!... A diferença, é que cá tal seita, ainda não tem nome. Mas ou é de mim, se isto assim continua, teremos de encontrar um nome, para este tipo de políticos, do pós 25 de Abril, que fazem "panelinha", para roubar "secretamente?" lol,lol, o povo!

Isabela Figueiredo disse...

Só me rio. Então o homem não herdou as bombas de gasolina do pai? E terrenos? E bué de carcanhol?
És mesmo fuinha! :)

Isabela Figueiredo disse...

Agora a sério, Carlos:
eu não acredito que um casal com dois filhos economize tanto dinheiro a trabalhar como professor, mesmo que universitário, e cá tenho as minhas razões.
Mesmo que sejam muito poupados, mesmo que vivessem num apartamento, caramba, são centenas de milhares de euros. Onde é que se arranja tanto dinheiro? Bem, Cavaco foi primeiro-ministro quase uma década, e ganharia um bocadão melhor que um professor... mas mesmo assim, não se pode tratar de meras economias, como ele refere ao Telejornal. Tem de haver dinheiro de heranças. Se calhar sou um bocado ingénua, mas embora nunca tenha votado nele, não estou a ver Cavaco envolvido em esquemas.

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores