Memórias de muitos anos de reportagens. Reflexões sobre o presente. Saudades das redacções. Histórias.
Hakuna mkate kwa freaks.











quarta-feira, março 22, 2006

Congo, 2001 - A Expedição, Nganga

O nosso destino era Nganga, uma das muitas aldeias Azande que estão quase desabitadas. Por algum motivo que só uma investigação médica poderá determinar, o povo Azande está a desaparecer. Morrem mais do que nascem. E há muitas aldeias assim, vazias de gente viva. Os poucos brancos que por ali vivem, os missionários, falam de doenças devastadoras que arrasam em pouco tempo comunidades inteiras. Febres estranhas, violentas, letais. E sobressaltaram-nos o espírito os fantasmas dos vírus ébola ou da sida, doenças que, de resto, tiveram origem nesta região do planeta. E agora, como vão eles protegerem-se da gripe aviaria?
Nganga fica nas margens do Rio Tubu, perto da zona onde esse pequeno rio se encontra com o maior Rio Uéle. Deve ter sido por ali que Paul van Keerkevoorde passou, na sua caçada ao grande chimpanzé, devem ter sido os habitantes dessa aldeia que lhe falaram no grande macaco que atacava as pessoas.
Quando chegámos a Nganga, Tolly solicitou uma reunião com os mais velhos da aldeia. Vieram três homens, quase centenários.

Benoit

Benoit, o cego … Kumbo Yo, muito velho também. O terceiro velho da aldeia chegou com os três filhos. Mas nem Kumbo Nyeki nem qualquer um dos outros se lembravam da história do belga Keerkevoorde. Todos eles corroboraram a existência de camas de folhas, no chão, como fazem os gorilas e confirmaram já terem visto grandes pegadas marcadas na lama dos trilhos… mas não sabem distinguir um chimpanzé de um gorila.

caçadores Azande

Para eles, são a mesma coisa. A floresta mete-lhes muito medo e estes homens nunca vão além de determinados pontos. É na floresta que os Azande fazem os cemitérios, sempre longe das aldeias. E o local onde enterram os mortos é como que uma fronteira, além da qual raramente se aventuram.

3 comentários:

PCF disse...

Belo texto, sem dúvida. Parabéns.

dakidali disse...

Não sei que diga. Até amanhã.
Beijinhos

O Micróbio II disse...

Hoje o Micróbio faz anos... :-)

AddThis

Bookmark and Share

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
Jornalista; Licenciado em Relações Internacionais; Mestrando em Novos Média

Seguidores